Aprenda um pouco mais sobre assessoria de imprensa.

Devido a escassez de vagas de estágio em redações ou o próprio interesse dos estudantes por outras áreas, muitos estudantes de jornalismo acabam por migrar para assessoria.

O assessor de imprensa é o profissional responsável por tratar da gestão do relacionamento entre uma pessoa física, entidade, empresa ou órgão e a imprensa. Como é impossível que os meios de comunicação fiquem a par de tudo que acontece em entidades privadas e órgãos governamentais, o assessor atua para aproximar a realidade das empresas, notícias e informações de interesse público do assessorado à mídia.

Esse profissional costuma ser formado em Relações Públicas ou Jornalismo. Apesar de confundir-se publicidade e assessoria de imprensa, elas desempenham funções diferentes. Enquanto aquela utiliza-se de anúncios nos veículos de comunicação, a assessoria é uma forma de se conquistar cobertura editorial nesses mesmos veículos, mas com apelo noticioso e não comercial.

O papel do assessor de imprensa é indispensável para o controle de qualquer organização, pois e éle que irá estabelecer, monitorar e manter o relacionamento com a mídia, desencadeando estratégias pró-ativas para divulgar ponto positivos e reativas para controlar os momentos de crise. Crise na assessoria é qualquer fator negativo que escape do controle da empresa e ganhe visibilidade, podendo levar à perda de clientes, faturamento e reputação.

É dever do assessor de imprensa estabelecer relações sólidas e confiáveis com os veículos de comunicação e seus agentes, com o intuito de se tornar fonte de informação repeitada e requisitada.

Press Realeses

Press releases, Comunicados de Imprensa ou apenas releases são documentos divulgados por assessores para informar, anunciar, contestar, esclarecer ou responder à mídia sobre algum fato que envolva o assessorado. Eles são encaminhados para redações e devem ter informação jornalística para promover a instituição e ao mesmo tempo ser de interesse público.

Ao receber um press release na redação, o jornalista deve checar a fonte e investigar o fato e, assim, utilizá-lo como pauta. O mais correto e ético é que o jornalista utilize esses materiais apenas como base para um novo texto, mas devido a correria das redações isso acaba, muitas vezes, não acontecendo e as informações acabam sendo divulgadas na íntegra.

Assessoria de Imprensa como Atividade Jornalística

A atividade de assessoria é, muitas vezes, mal vista por jornalistas, pelo fato do assessor trabalhar para divulgar informações e defender um interesse particular. Entretanto, a assessoria deve ser considerada uma atividade legítima do jornalismo, porque, pressupõem o aprendizado e domínio de todos os processos de divulgação das notícias.

Os assessores de imprensa são, inclusive, ótimas fontes para jornalistas que lidam com a divulgação de notícias. Por esse motivo, é desejável que os jornalistas mantenham uma boa relação com assessores, para facilitar o acesso aos entrevistados. Antes de fazer uma entrevista, é importante certificar se o seu entrevistado não tem um assessor responsável por sua agenda. Se tiver, o mais recomendado é recorrer a ele.

Por: Aloísio Coutinho / Fonte: Jornalista.com.br

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *